Apresentações

Como o branding influencia uma apresentação?

Construir uma apresentação na correria do dia-a-dia com o chefe ligando de 5 em 5 minutos nem sempre te faz lembrar da importância que ela tem para a empresa.

Treinamento SOAP
12/07/2016
Construir uma apresentação na correria do dia-a-dia com o chefe ligando de 5 em 5 minutos nem sempre te faz lembrar da importância que ela tem para a empresa. No momento em que você entra na sala para uma reunião, você e sua apresentação tangibilizam a marca, e mostram um novo olhar do que será dito. Neste momento você definirá os diferenciais da sua empresa por possuir determinado produto ou mesmo por somente você conseguir solucionar alguma questão. Ali poderá ser o único momento de contato com a sua empresa, por isso a importância do branding para a sua reunião. Se tudo não estiver alinhado, aquele trabalho de vários meses pode ser arruinado por não estar de acordo com o tom da comunicação construída em uma longa jornada. O branding é o conjunto de ações que administram as marcas, tanto de forma concreta como subjetiva.   Neste post, usaremos alguns conceitos os quais valem mostrarmos inicialmente para facilitar a compreensão do que é:  
  • Marca – imagem corporativa como um todo
  • Identidade – aspectos visuais que fazem parte da marca global
  • Logotipo – tipografia e/ou ícone que sintetiza a natureza da empresa
  Ok. Mas e o branding?   O branding está ai para levar as marcas além do lucro, passando a fazer parte da cultura e influenciar a vida das pessoas no campo emocional. A linguagem e a comunicação impressa nas marcas apresentam relações íntimas na expressão da nossa personalidade, como mostra Neumeier em seu livro The Brand Gap:    
  • Você compra alguma coisa baseado no seu sentimento pelo produto
  • Você compra serviços baseado no seu sentimento em relação ao fornecedor
  • Você se engaja em uma organização baseado no seu sentimento sobre a organização
 
branding-soap-livro1
  O branding tem um papel importante em conectar o pensamento dos consumidores com a experiência que ela oferece. É algo bem maior que um logotipo, porque dependendo da maneira que a marca é gerenciada, o que será compreendido vai depender da interpretação dos seus consumidores por meio da identidade visual. A identidade visual é a minha marca? Não. A identidade visual corporativa expressa a personalidade e os valores da marca, ou seja, a identidade abrange muito mais que um mero símbolo. Na verdade, essa “colcha de retalhos” é uma construção que depende de uma gestão coesa entre os dois pontos: identidade e logotipo. Dentro dessa colcha, encontra-se a identidade visual. O significado da marca precisa estar impresso na identidade visual e em todo desdobramento, pois isso está intrinsecamente relacionada a imagem corporativa da empresa. Desta maneira, o DNA é sintetizado visualmente em tudo que será exposto na comunicação com o uso de cores, formas, imagens. E onde fica a apresentação nisso tudo? Diante disso, o branding precisa reforçar sua marca não apenas em uma comunicação, mas durante toda sua existência. Da mesma maneira que precisa-se assegurar que todos estão falando a mesma língua quanto a sua marca, a apresentação, em termos de mensagem e visual, também precisa estar no que diz respeito a coerência e consistência com o DNA da marca. Por conta disso, para se ter segurança do sucesso da reunião é essencial um planejamento com antecedência. As soluções mais inteligentes, mais apropriadas e mais criativas podem ser alavancadas por uma apresentação bem feita. Na próxima vez que você for elaborar seu material, pense:  
  • Para algo institucional, utilize os elementos visuais e cores da marca já definidas pela sua empresa
  • Como referência, pesquise os materiais de comunicação. Newsletter, site, folders sempre podem ajudar a direcionar suas criações
  • Quanto às imagens, faça escolhas de acordo com como sua empresa se comunica (utilize foto com o perfil das pessoas que trabalham lá, objetos, paisagens, metáforas visuais)
  • Utilize espaço em branco para seu conteúdo respirar, lembre-se que menos é mais
  • Escolha fontes que mais se adequem ao tom da sua apresentação, como Times New Roman e Cooperplate Gothic para textos técnicos e Century Gothic e Candara para dar um ar mais clean
  • Deixe em tela poucas palavras, apenas o necessário
  • Para apresentar gráficos, deixe apenas os números importantes para aquele tópico em questão
  • Use animações ao seu favor: quando e se necessário
  Com essas dicas, você poderá apresentar suas ideias e aspirações de forma alinhada visualmente à sua empresa. Assim, quando sua audiência se deparar com sua apresentação, você será um desdobramento da sua empresa. Se quiser saber ainda mais sobre visual em apresentações, confira nossos treinamentos!

Posts Relacionados

Engajamento corporativo: amplie seus resultados com esse investimento

Apresentações
11/06/2021
leia agora

Mulheres inspiradoras: 8 mulheres que inspiram o público com suas apresentações!

Apresentações profissionais
04/02/2021
leia agora

Endereço

Rua Gomes de Carvalho, 1266 - sala 72
Vila Olímpia - São Paulo | Brasil
(55.11) 4084.4085 [email protected]

No mundo

Portugal
USA
França