3 segredos para uma comunicação com colaboradores bem-sucedida

Eduardo Adas, sócio-fundador da SOAP, compartilha os segredos de como construir uma liderança humanizada e como manter uma boa comunicação com os colaboradores

Treinamento SOAP
25/07/2023
6 min. de leitura
Reading Time: 6 minutes

No ambiente de trabalho, a comunicação eficaz é a chave para o sucesso. Com ela, líderes podem transmitir sua visão, colaboradores podem se expressar e as equipes podem colaborar de forma produtiva. No entanto, comunicar-se de maneira clara, autêntica e empática é um desafio constante.  

Durante sua participação na segunda temporada do podcast Talk SOAP, Eduardo Adas, fundador da SOAP e especialista em comunicação, desvenda os segredos de uma comunicação com colaboradores bem-sucedida. 

“A origem de 90% dos problemas do mundo é a comunicação. E a solução de 90% dos problemas do mundo também é a comunicação”, diz Eduardo, destacando a importância da comunicação em todas as esferas de nossa vida, inclusive no ambiente corporativo.  

Neste artigo, vamos explorar quais são esses segredos por trás de uma boa comunicação com colaboradores e como aplicá-los na rotina de trabalho. 

Os 3 segredos para melhorar a comunicação com colaboradores 

I. Confiança 

A construção da confiança é fundamental para estabelecer uma comunicação bem-sucedida com os colaboradores. Eduardo Adas destaca a importância de uma comunicação clara, consistente e autêntica para isso.  

O domínio emocional desempenha um papel crucial nesse sentido. Quando você é capaz de controlar suas emoções, sua comunicação reflete isso, transmitindo uma sensação de segurança e credibilidade.  

“Quanto mais você conseguir enxergar quais são as suas crenças limitantes e começar a destrinchar esse nó, maior a chance de você ter domínio emocional”, expõe Adas, durante o quarto episódio do Talk SOAP.  

Gestos, expressões faciais e postura corporal podem reforçar a confiança que suas palavras transmitem. Portanto, é essencial estar consciente de sua linguagem corporal ao se comunicar com seus colaboradores. 

Aqui também entra a importância da confiança interpessoal. Ou seja, ser capaz de confiar nos seus colaboradores e agir de modo que eles confiem em você.  

A maneira como você se expressa, ouve ativamente e demonstra interesse pelos colaboradores pode transmitir essa confiança e construir relacionamentos sólidos.  

Um olhar atento, um tom de voz adequado e uma postura aberta podem fazer com que seus colaboradores se sintam valorizados e confiantes em relação à sua liderança. 

II. Autenticidade 

Ser autêntico envolve ser verdadeiro consigo mesmo e transmitir essa autenticidade aos outros. Edu Adas ressalta que, para ser autêntico, é essencial ter clareza sobre seus objetivos de comunicação e sobre suas próprias crenças e valores.  

Quando você se mantém fiel a si mesmo, sua comunicação se torna coerente e genuína. O que contribui para o estabelecimento de relacionamentos de confiança com os colaboradores.  

“Uma vez que você tem claro qual é o seu objetivo dentro dessa (determinada) comunicação, você começa a trazer algo que é o DNA de todo bom comunicador: estabelecer empatia”, reforça Eduardo Adas. 

Isso nos leva ao próximo segredo para uma boa comunicação com a equipe de trabalho! 

III. Empatia 

A empatia desempenha um papel fundamental na comunicação afetiva. Quando você se coloca no lugar do outro e busca compreender suas perspectivas e necessidades, cresce a chance de contribuir com ele e com o meio.  

Ao estabelecer essa conexão com os colaboradores, cria-se um ambiente de confiança e abertura, onde as ideias e preocupações podem ser compartilhadas livremente. 

“A comunicação é como dar um presente. Quando você presenteia alguém, você dá o que você precisa e deseja ou o que o outro precisa e deseja?”, questiona Eduardo Adas.  

Colaboradores da SOAP abraçados em frente a tela de um TV escrito Talk SOAP
Eduardo Adas (ao centro) é um dos convidados da segunda temporada do Talk SOAP

Uma abordagem centrada no receptor é fundamental para uma comunicação eficaz com colaboradores. Isso significa que, ao se comunicar, é importante compreender as necessidades, perspectivas e aspirações do outro profissional. 

Para colocar o foco no receptor, é essencial também praticar a escuta ativa. Ao ouvir verdadeiramente o que os colaboradores têm a dizer, você demonstra interesse genuíno por suas opiniões e preocupações.  

Isso cria um ambiente propício para o engajamento e a colaboração, fortalecendo a relação de confiança entre líder e equipe. 

Como se tornar um comunicador melhor no trabalho? 

Além dos segredos acima, Eduardo Adas compartilha uma dica valiosa: “invista em autoconhecimento”. 

O autoconhecimento desempenha um papel fundamental no desenvolvimento da comunicação efetiva e assertiva no ambiente corporativo.  

Quando você tem uma compreensão clara de quem você é, de suas habilidades, pontos fortes, limitações e valores, pode utilizar isso para melhorar sua comunicação de várias maneiras.  

Consciência das próprias emoções

O autoconhecimento permite que você reconheça e compreenda suas próprias emoções. Isso é importante, pois as emoções podem influenciar a forma como você se comunica.  

Quando você está ciente delas, pode gerenciá-las de forma mais eficaz durante as interações no ambiente de trabalho, evitando respostas impulsivas ou reações inadequadas, por exemplo. 

Reconhecimento dos pontos fortes e limitações

Ao conhecer suas habilidades e áreas que precisam ser aprimoradas, pode adaptar sua comunicação. Por exemplo, se você sabe que é um bom ouvinte, pode aproveitar isso para realmente ouvir e compreender as necessidades e preocupações de seus colegas de trabalho.  

Da mesma forma, se você sabe que tem dificuldade em se expressar claramente, pode se esforçar para desenvolver essa habilidade e buscar formas de comunicar-se de maneira mais eficaz, por meio de cursos ou treinamentos corporativos

Compreensão do seu estilo de comunicação

Cada pessoa tem um estilo de comunicação único. O autoconhecimento permite que você identifique seu próprio estilo e seja mais autêntico.  

Além disso, permite que você entenda como a sua comunicação pode se adaptar para diferentes contextos.

Por exemplo, se você é naturalmente mais direto e assertivo, pode considerar adaptar sua abordagem ao se comunicar com pessoas que preferem uma abordagem mais diplomática. Isso ajudará a evitar mal-entendidos e a construir relacionamentos mais sólidos. 

Empatia e compreensão dos outros

Ao entender suas próprias emoções, pontos fortes e limitações, você estará mais apto a se colocar no lugar dos outros, compreendendo melhor suas perspectivas e necessidades.  

Isso é essencial para uma comunicação efetiva, pois permite que você ajuste sua mensagem de acordo com o público, adaptando-se às suas expectativas e preocupações. 

Gestão de conflitos

No ambiente corporativo, conflitos podem surgir. O autoconhecimento ajuda você a lidar melhor com essas situações, pois você estará ciente de suas reações e padrões comportamentais.  

Ao compreender como você normalmente lida com conflitos, poderá desenvolver estratégias para abordá-los de maneira construtiva, buscando soluções e mantendo um diálogo aberto. 

Em suma, o autoconhecimento é um elemento-chave para aprimorar a comunicação no ambiente corporativo. Conhecer a si mesmo permite que você se adapte, se comunique de forma mais efetiva, entenda os outros e gerencie conflitos de maneira construtiva.  

Ao investir tempo e esforço em seu próprio desenvolvimento pessoal, você estará no caminho certo para se tornar um comunicador mais efetivo e assertivo. 

Desafios da comunicação e uma liderança humanizada 

Os desafios da comunicação com colaboradores e uma liderança humanizada são temas cruciais no contexto corporativo atual. Esse é o tópico do quarto episódio do podcast Talk SOAP, com Eduardo Adas. 

Uma liderança humanizada envolve colocar as pessoas em primeiro lugar, valorizando suas necessidades, desenvolvendo empatia e promovendo um ambiente de trabalho saudável. Tudo isso por meio da comunicação. No entanto, comunicar-se de maneira eficaz nesse contexto requer habilidades específicas e uma compreensão aprofundada dos desafios envolvidos. 

Um dos principais desafios é a complexidade das relações interpessoais, lidar com diferentes personalidades, expectativas e emoções. Mas isso é fundamental para estabelecer conexões significativas com os membros da equipe.  

Eduardo Adas compartilha como se deu o desenvolvimento dessa abordagem na SOAP, além de contar diversas histórias e curiosidades de sua carreira.  

Ele também dicas e estratégias para melhorar a comunicação interpessoal no trabalho, explicando como a busca por compreender verdadeiramente o ponto de vista do outro e criar um ambiente seguro para a expressão de ideias. 

Outro destaque do episódio é o desafio da construção de confiança. Uma liderança humanizada depende da confiança mútua entre líder e equipe. Estabelecer essa confiança requer comunicação clara e consistente, além de ações coerentes com os valores defendidos. 

Escute o Talk SOAP na íntegra

Escute o episódio completo no Spotify: 

Ou, se preferir, assista ao episódio no Spotify da SOAP: 

Confira a lista com todos os convidados da segunda temporada do Talk SOAP:  

  • Leny Kyrillos, escritora, fonoaudióloga especialista em voz e colunista na Rádio CBN; 
  • Fernando Kimura, consultor e palestrante internacional especialista em Marketing, Arte, Linguagem e Criatividade; 
  • Genesson Honorato, Linkedin Creator e TEDx Speaker especialista em DE&I, Inovação e Futuro do Trabalho; 
  • Eduardo Adas, sócio-fundador da SOAP, mentor e palestrante especialista em comunicação, liderança e desenvolvimento profissional; 
  • Diego Fonseca, designer, cofundador e podcaster da Vitamínica, especialista em aprendizagem, curadoria e facilitação criativa; 
  • Alessandra Demito, doutora em Psicologia e pesquisadora de saúde mental e trabalho, com foco em Psicodinâmica do Trabalho; e 
  • Gabriel Malat, product manager há mais de oito anos no mercado e reconhecido em dois anos consecutivos no Prêmio Melhores do Ano (2021 e 2022) na categoria Gerente de Produto da Libbs Farmacêutica. 


Posts Relacionados

10 erros de dicção e oratória para não cometer em apresentações

Comunicação
29/02/2024
leia agora

Comunicação interpessoal e intrapessoal: quais são as diferenças?

Comunicação
28/02/2024
leia agora

Endereço

Rua Gomes de Carvalho, 1266 - sala 72
Vila Olímpia - São Paulo | Brasil
(55.11) 4084.4085 [email protected]

No mundo

Portugal
USA
França