20 anos da SOAP: veja a evolução da empresa até os dias atuais

Em uma época em que nem se falava em storytelling, a SOAP já contava histórias.

Treinamento SOAP
10/05/2023
6 min. de leitura
Reading Time: 6 minutes

Em uma época em que nem se falava em storytelling, a SOAP já contava histórias. Foi exatamente assim que dois empresários, na época atuando em outras áreas, deram início ao empreendimento que se tornaria pioneiro em apresentações profissionais no Brasil.  

Eduardo Adas e Joni Galvão, sócio fundadores, ainda trabalhavam prestando consultoria para diversos clientes quando se deram conta que sabiam fazer algo muito bem, que as outras empresas não dominavam: apresentações corporativas incríveis.  

Assim, em 2003, os dois se sentaram em um café e ali criaram, escrevendo em um guardanapo, a SOAP: sigla de State of Art Presentations (Apresentações no Estado de Arte, em português). 

Mais tarde, em 2004, Rogério Chequer, que atuava no mercado financeiro em Nova York, juntou-se ao time e assim estava formado o negócio. 

Desde o início, a proposta era muito clara para eles: ajudar as pessoas a conquistarem o que elas quiserem com boa comunicação. Mas ninguém esperava as proporções que o projeto tomaria nos anos seguintes. 

Para contar mais sobre os bastidores e detalhes desta história, conversamos com o sócio fundador, Edu Adas. 

O princípio de tudo: por qual motivo a SOAP existe? 

Uma das principais cabeças por trás da idealização e criação da SOAP, Edu Adas foi gago até a sua adolescência. Mais tarde, ao ingressar na faculdade, ele sequer passaria perto da Comunicação. Escolheu Engenharia.  

Os outros dois sócios: Joni e Rogério, também trabalhavam em outras áreas. Mas é justamente nesse cenário improvável que nasce o propósito da SOAP. 

Adas conta que superar a gagueira foi, provavelmente, o momento em que nascia dentro dele o comunicador. 

“A superação dessa dificuldade me fez perceber a importância da comunicação não só para a vida pessoal, mas também para a vida profissional.” 

Alguns anos mais tarde, já atuando como consultor no mercado de trabalho, ele e Joni perceberiam como os outros profissionais negligenciavam isso. Mesmo momentos decisivos, como apresentações e reuniões, eram cheios do que eles chamavam de “babaquices corporativas”: chatas e monótonas.  

Na época, já existiam consultores voltados para essa necessidade no mercado, mas em geral tinham uma atuação voltada para a criação de slides. Ainda não havia uma empresa especializada na arte de apresentação, em todas as suas quatro esferas: 

  • Estratégia; 
  • Conteúdo; 
  • Apoio visual; 
  • Performance. 

A SOAP foi pioneira na metodologia de apresentações profissionais que abrange todos os aspectos das apresentações e com foco no propósito de ensinar as pessoas a se comunicarem melhor.  

Cinco escritórios em cinco anos 

Imagine uma empresa crescer tanto a ponto de precisar mudar de escritório repetidas vezes para comportar um time cada vez maior de pessoas. Foram assim os primeiros cinco anos da SOAP, durante os quais foram necessárias cinco mudanças de escritório. 

Edu Adas conta que, no início, o crescimento da empresa não foi nada contido. A metodologia de apresentações viralizou de tal forma, que rapidamente o negócio tornou proporções não esperadas.  

“Não fazíamos ideia de que a SOAP tomaria a dimensão que tomou. Eu, honestamente, achava que ela fosse se limitar a um produto para os meus clientes de consultoria. Só que não”, conta Edu. 

Então a SOAP começou a aparecer para o mercado com o bom e velho marketing boca a boca, a metodologia chamava atenção dos clientes e divulgava-se naturalmente. 

Esse crescimento estrondoso manteve a curva subindo pelo menos até o sétimo ano, até que a SOAP se estabeleceu como uma referência em apresentações profissionais, pautada no propósito de ajudar pessoas a conseguirem o que quiserem. 

Mas ao longo dos anos, com novas necessidades do mercado e o pioneirismo sempre na veia, novos braços foram surgindo: a criação da área de treinamentos profissionais, a fundação da Escola SOAP e até o lançamento de dois livros: Super Apresentações e Detone. 

Um homem e uma mulher se abraçando e pessoas aplaudindo em volta
Com o passar do tempo, a SOAP foi crescendo e contratando novos colaboradores

“A SOAP foi se transformando com o tempo, foi crescendo muito mais do que a gente imaginava”, diz Adas, mas sem perder seu propósito básico de vista.  

As crises 

O primeiro grande desafio da SOAP veio durante a crise financeira de 2008. Mesmo em meio ao crescimento do negócio e as trocas sucessivas de escritório, foi necessário adotar uma nova postura diante de um mercado instável.  

Principalmente porque, conta Edu Adas, logo antes da crise a empresa havia acelerado ainda mais seu crescimento com a contratação de mais profissionais.  

“A demanda caiu drasticamente de uma hora para outra. Foi um grande desafio na época. Levou um tempinho, mas a gente conseguiu superar.” 

Doze anos depois, em 2020, viria a segunda rebordosa: a pandemia do coronavírus. Mas dessa vez a SOAP estava à frente do problema e, antes mesmo de ser decretado o isolamento, a empresa já tinha colocado todos os times em home office.  

Uma estratégia de guerra foi desenhada para lidar com a crise sanitária e foram tempos desafiadores. Mas Edu Adas conta que nunca desacreditou na SOAP, mesmo na pandemia, quando soube que havia uma batalha importante a ser travada a seguir.  

“Tive seríssimos receios e a certeza de que o negócio ia mudar muito, não apenas em tamanho, mas em modelo de negócio. Apesar da minha insegurança, comecei a vislumbrar que, com a comunicação online, os desafios (para o mercado) seriam ainda maiores.”  

Com preparo e estratégia, a SOAP não apenas venceu a crise sanitária, mas cresceu depois dela, entendendo quais eram as novas necessidades do mercado e também internamente.  

O trabalho híbrido, adotado após a reabertura gradual do mercado, permanece até hoje, dando mais flexibilidade aos colaboradores. E foi também em 2019 que foi fundada a Escola SOAP, com treinamentos online assíncronos. 

O mercado pós SOAP 

Edu Adas afirma, com convicção, que a SOAP mudou o mercado de apresentações profissionais no Brasil. No início dos anos 2000, antes da fundação da consultoria, não havia empresa semelhante e com uma metodologia abrangente, como já destacado.  

Eram mais profissionais comuns que prestavam consultorias para apresentações profissionais, mas com serviços muito mais focados no PowerPoint, principal ferramenta para criação de slides na época.  

“Posso dizer que SOAP criou esse mercado de apresentações profissionais, principalmente quando definimos as quatro etapas do processo: estratégia, estruturação da narrativa, criação do apoio visual e cuidado com a performance do apresentador. Somos pioneiros nesse processo.” 

Desde então, outras empresas especializadas surgiram, fazendo crescer o nicho de mercado. Mas, de fato, foi a SOAP que “mudou a forma como as apresentações são vistas. (…) É a pioneira não somente neste processo, mas também na inserção de novos conceitos.” 

State of the Art Presentations 

No dia em que Edu e Joni se sentaram em um café para discutir sobre a criação do novo negócio, diversas ideias de nomes vieram à tona. “Mas não eram nada empolgantes, na nossa visão”, conta Edu.  

Como todo o conceito do negócio já estava pronto, os sócios queriam um nome que representasse o mesmo valor por trás da metodologia da empresa: se toda apresentação tem um conceito, uma ideia, o nome da consultoria também precisava ser assim.  

Levando o propósito da SOAP em consideração, daí surge a ideia 

“Fazer apresentações no estado da arte. Num guardanapo, escrevemos em inglês: the State of the Art Presentations.” 

Assim surgia a sigla SOAP, representando a expertise da consultoria em apresentações profissionais incríveis.  

Missão não, propósito 

Quando questionado sobre qual é a missão da SOAP, Edu Adas vai além: o propósito da SOAP é ajudar as pessoas a conquistarem o que elas quiserem a partir da comunicação.  

“Não basta ter um ótimo projeto, é preciso engajar, conquistar as pessoas, seja lá qual for sua atividade. E a comunicação é a ponte para isso.” 

Esse é o valor chave que nutre e faz crescer todo o ecossistema da SOAP e surgiu no coração do jovem Adas, ao vencer sua gagueira na adolescência e entender que comunicação é tudo.  

E também será esse valor que norteará o crescimento da consultoria daqui em diante. 

“O nosso desejo é continuarmos sendo referência como uma grande empresa de consultoria para momentos decisivos. Mas queremos que esse reconhecimento também reflita em nossas capacitações sobre diversos temas relacionados à comunicação e aos novos desafios das lideranças dentro das empresas.” 

Muito provavelmente, aponta Edu, a SOAP expandirá seu leque de temas que tangenciam a comunicação e a liderança nas empresas nos próximos anos. A meta é que os treinamentos da SOAP atinjam um patamar ainda mais elevado de autoridade, equiparando-se à consultoria em apresentações. 

Como fazer um treinamento com a SOAP? 

Hoje, a SOAP tem mais de 15 treinamentos in Company nas modalidades online, presenciais e assíncronos sobre diversos assuntos relacionados ao meio corporativo. Mas todos eles têm algo em comum: carregam o propósito de ajudar profissionais a conquistarem o que quiserem.  

A SOAP é especializada em comunicação para momentos decisivos. Com 20 anos de experiência é precursora em apresentações de alto impacto e treinamentos corporativos de soft skills. 

Para líderes e para equipes, se você deseja conhecer mais sobre nossas soluções in company, confira nossa vitrine de treinamentos ou fale com um de nossos especialistas.  



Posts Relacionados

Conheça a SOAPFlix e maratone conteúdos sobre comunicação

Institucional
29/02/2024
leia agora

SOAP abre workshops sobre comunicação em São Paulo

Institucional
20/02/2024
leia agora

Endereço

Rua Gomes de Carvalho, 1266 - sala 72
Vila Olímpia - São Paulo | Brasil
(55.11) 4084.4085 [email protected]

No mundo

Portugal
USA
França