Roteiro para storytelling: como aplicar em apresentações? 

O termo storytelling está relacionado à narração de uma história relevante, capaz de prender a atenção das pessoas com uma narrativa que mistura ambientação, personagens, conflitos e mensagens inspiradoras.

Treinamento SOAP
21/02/2022
2 min. de leitura

O termo storytelling está relacionado à narração de uma história relevante, capaz de prender a atenção das pessoas com uma narrativa que mistura ambientação, personagens, conflitos e mensagens inspiradoras.

Com começo, meio e fim, o roteiro de storytelling cria uma jornada que gera identificação, desperta emoções e fica marcada na memória.  Essa técnica pode ser utilizada em diversos formatos e situações, ajudando a aumentar a relevância de marcas e produtos. A prática se aplica a diferentes conteúdos, sendo possível criar roteiro para redes sociais, apresentações em Power Point, propagandas e muito mais. 

O que é um roteiro para storytelling? 

O roteiro é o documento que guia todo o conceito da narrativa, além de incluir as definições de músicas e imagens do conteúdo a ser produzido. Para criar o roteiro, é necessário definir um objetivo, mapear e planejar a história que será contada. 

Antes de começar a escrever um roteiro, é importante estabelecer uma sequência argumentativa capaz de explorar o valor do seu objeto de venda e, também, capaz de provar o seu ponto, ao final do conteúdo. 

Como aplicá-lo em apresentações? 

Quando buscamos um storytelling para ppt ou roteiros de apresentações em geral, existem três regras de ouro:

  • não utilizar informações em excesso; 
  • evitar o reaproveitamento de materiais antigos; 
  • não focar em si mesmo e esquecer da audiência e da mensagem.

Em qualquer uma dessas situações, a chance de confundir a plateia, e não transmitir uma narrativa coesa e consistente, é grande. 

As informações em excesso não permitem que o público se emocione e se envolva na narrativa criada. O reaproveitamento de materiais torna o conteúdo superficial e pouco autêntico, dificultando a identificação de verdade e emoção na apresentação. Por fim, se a mensagem ou o público não são a prioridade do apresentador, o conteúdo tende a se tornar desinteressante. 

Os slides também precisam ser pensados com elementos audiovisuais, além das palavras. A inclusão dos dados, gráficos e números é feita depois que a sequência argumentativa foi elaborada. Ao seguir essa ordem de etapas, é mais fácil equilibrar a quantidade e disposição de todos os elementos presentes nos slides da apresentação.

Gostou do conteúdo e quer saber mais sobre a arte de criar narrativas relevantes? Confira nossas 5 dicas para desenvolver o storytelling

Quer se tornar um especialista em comunicação? Acesse nosso site e descubra os melhores cursos para transformar discursos e desenvolver boas histórias, em qualquer tipo de apresentação ou conteúdo digital. 



Posts Relacionados

Como fazer uma apresentação de slides de sucesso

Apresentações
22/06/2022
leia agora

Curadoria de conteúdo: o que é e como ela potencializa discursos?

Apresentações
13/06/2022
leia agora

Endereço

Rua Gomes de Carvalho, 1266 - sala 72
Vila Olímpia - São Paulo | Brasil
(55.11) 4084.4085 [email protected]

No mundo

Portugal
USA
França