Treinamento

O que considerar ao escolher um treinamento online para minha equipe?

Não há como negar a eficiência de um treinamento presencial.

Treinamento SOAP
11/05/2021

Não há como negar a eficiência de um treinamento presencial. Os colaboradores se reúnem e interagem com um mesmo objetivo: aprender e aprimorar suas entregas, enquanto a empresa espera resultados em médio ou longo prazo com esse investimento. Mas a tendência é que novas formas sejam priorizadas, sobretudo diante de cenários como os da pandemia. É o caso do treinamento online.

Como o próprio nome já indica, é um treinamento realizado a distância: o tutor não está presente no mesmo local que a audiência — o que não implica em nada a perda das vantagens do modelo presencial, somente por acontecer na internet, agregando, inclusive, benefícios exclusivos para potencializar o aprendizado.

De acordo com a pesquisa Panorama do Treinamento no Brasil, as formas de entrega EAD não ao vivo e EAD com professor ao vivo representam, respectivamente, 13% e 6% nas empresas. Mas esses são dados da virada de 2019 para 2020 e, por isso, não consideram a pandemia da Covid-19.

Tendo em vista as novas demandas do mercado, apresentamos a seguir os principais detalhes sobre treinamento online, para você não deixar de potencializar a atuação de seus times com esse investimento!

Como funciona um treinamento online?

O treinamento online acontece de forma remota, com auxílio de ferramentas tecnológicas. O participante precisa de um dispositivo com acesso à internet, que pode ser o celular, tablet ou computador. Para acompanhar os conhecimentos ministrados pelo professor ou tutor, ele utiliza parte de seu tempo nesses aparelhos.

Muitos se questionam a real eficácia do modelo online, tendo em vista as tantas distrações às quais um profissional está exposto na internet. Afinal, a tentação de tirar os olhos da tela e se dispersar em sites ou redes sociais pode ser grande. Porém, um bom treinamento digital é baseado em metodologias, em especial a Andragogia.

Nessa abordagem comum ao ensino de adultos, todo o aprendizado tem sobretudo como base autoconhecimento e motivação. Assim, em vez de ver teorias, conceitos e explicações, o profissional aprende com aplicações práticas. Ou seja, são conteúdos por meio dos quais ele facilmente localiza o uso em seu cotidiano.

Diante disso, o colaborador tem uma aprendizagem significativa com o treinamento online. Ele pode, então, aplicar esses conhecimentos práticos em seu dia a dia sem grandes dúvidas — e as que existirem serão solucionadas pelo professor ou tutor. Assim como no presencial, também há a possibilidade de interação entre as partes envolvidas.

Quais são os modelos de treinamento online?

mulher dando o treinamento online

Vimos que os treinamentos online oferecem maior flexibilidade e autonomia no aprendizado do colaborador. Nesse sentido, há que se entender que existem diferentes formatos para apresentar às equipes do negócio, tanto com comunicação síncrona quanto assíncrona.

Na primeira, o diálogo se aproxima do presencial: quando o palestrante fala, a audiência escuta. É algo mais direto e imediato, como uma webconferência para toda a empresa e um chat, que abre espaço para dúvidas e comentários em determinado momento.

Já em um treinamento que inclui a comunicação assíncrona, notamos ainda mais flexibilidade para a empresa, os colaboradores e todas as partes envolvidas. Isso porque o interlocutor fala, mas não necessariamente recebe um retorno imediato. O maior exemplo disso são as plataformas de ensino a distância.

Com essa segmentação em mente, veja modelos de treinamento online que podem acontecer com ambos os tipos de comunicação.

Videoaula

Este é o modelo tradicional, que se assemelha a um treinamento presencial. Os colaboradores se reúnem diante do professor ou tutor, que está presente atrás da tela. As explicações e exemplificações são fornecidas por meio de aulas, seja qual for o recurso utilizado para esse fim.

Para esse treinamento online, as empresas, geralmente, utilizam plataformas de ensino a distância. Elas ajudam a organizar os conteúdos, facilitar a comunicação entre o tutor e os colaboradores, além de direcionar a produtividade da audiência.

Webinar

Nesse modelo, que se assemelha a um seminário online, o palestrante monta uma apresentação para transmitir o conteúdo. Há uma linguagem própria do webinar, que envolve a verbal e não verbal, para garantir a atenção e o engajamento da audiência. Ele pode ser tanto ao vivo quanto gravado, dependendo das estratégias da empresa para o treinamento.

Gamificação

Há quem diga que jogos são reservados para o público infanto-juvenil em suas horas de lazer. Porém, eles assumiram um importante papel na rotina dominada por telas e atividades digitais. Por isso, a gamificação se tornou uma alternativa para aplicar treinamentos online nas empresas.

Essa é uma forma de estimular o interesse dos colaboradores e aumentar o engajamento. O intuito é utilizar personagens, narrativas, pontuações, ranking e tudo que envolve o universo dos jogos para o desenvolvimento de profissionais. A estratégia complementar pode ser conduzida pela empresa, que já tem definido o formato do treinamento.

Storytelling

Por falar em engajamento, as histórias também têm seu valor na conquista da atenção da audiência. É por esse motivo que o Storytelling também pode ser adotado na aplicação de treinamento — inclusive serve como aprendizado para aplicar a técnica em reuniões, apresentações etc.

O Storytelling consiste no uso de elementos de narrativa para encantar o público. Em um treinamento de comunicação, por exemplo, o interlocutor poderia trabalhar histórias de profissionais que não viam resultados em sua atuação por falta dessa competência — e transformaram a carreira a partir desse investimento.

Por que optar pelo treinamento online na capacitação de colaboradores?

Desenvolver equipes dentro da organização é um atalho para o alcance de melhores resultados. Os benefícios dos treinamentos são inegáveis para o crescimento dos profissionais em seu nível de atuação, o que atinge o negócio de maneira positiva. Mas por que investir no formato digital?

Entenda os motivos pelos quais vale a pena adaptar os treinamentos presenciais para online.

Produtividade dos colaboradores

É fato que cada organismo reage de uma forma a determinados estímulos ou momentos. Há profissionais que conseguem prestar mais atenção nas atividades logo no início do expediente, enquanto outros têm o ânimo amplificado no meio da tarde. Com incentivo, esses são momentos de produtividade dos colaboradores.

Realizar treinamentos em horários nos quais não há interesse ou ânimo pode ser prejudicial aos resultados do investimento. Quando o colaborador tem mais autonomia para esse aprendizado, é capaz de se motivar e ganhar produtividade enquanto aprende. Em vez de seguir um ritmo que, teoricamente, funciona para todos, você adquire conhecimentos no próprio tempo.

Flexibilidade para estudos

Com o ensino a distância, o participante pode acompanhar os conteúdos de onde estiver: da sua mesa no escritório ou mesmo no conforto do lar, no home office. Ele não precisa se deslocar para um auditório ou sala de reuniões para encontrar o professor, que está à sua frente, na tela do dispositivo.

Em casos de treinamento gravado, essa flexibilidade se amplia. O colaborador não precisa parar a atividade que está fazendo para assistir ao conteúdo, às vezes bem no seu momento de maior produtividade. Ele pode separar momentos mais oportunos para os estudos, de acordo com a sua agenda.

Praticidade para a equipe

Por falar em agenda, muitas vezes, é complicado conciliar horários para que todos os colaboradores participem do treinamento ao mesmo tempo. Há ocasiões em que um precisa se encontrar com cliente ou tem compromisso pessoal na hora combinada, impossibilitando a participação. Isso é improdutivo tanto para a equipe quanto para a empresa.

Sendo online e assíncrono, o treinamento se adapta melhor à realidade de cada profissional. Em vez de mudar toda a sua programação, algo que causa descontentamento e até resistência, ele vê valor dessa autonomia ao aprender no seu próprio momento.

Aplicação imediata de aprendizado

O intuito da empresa é provocar novas atitudes nos colaboradores e um aumento no nível da atuação. Nesse sentido, o treinamento online traz bons resultados na aplicação prática do aprendizado, que se vê quase que imediatamente. Enquanto acompanha os conteúdos em sua rotina, o profissional já pode inseri-los em sua realidade.

Se um colaborador está diante de um treinamento de liderança, por exemplo, pode adotar os princípios aprendidos em uma aula assim que terminar — seja dando exemplo aos colegas, seja atuando ativamente na delegação de tarefas, no compartilhamento de feedbacks, entre outros.

Incentivo à autoaprendizagem

Com o treinamento online, os participantes terão atividades práticas e de reflexão para chegar à aplicação no seu cotidiano. Muitas vezes, terão que ir além do que se vê nos encontros para compreender o que está sendo ensinado. Isso naturalmente leva à autoaprendizagem.

Esse benefício se reflete também na autogestão, habilidade valorizada pelo mercado em profissionais. É a capacidade de liderar as próprias ações rumo à solução de problemas e alcance de metas, cumprindo com as responsabilidades sem intervenção de um superior. É claro que a figura do líder ainda se mostra importante, mas ela é uma atuação conjunta e complementar.

Redução de custos

Esse não deve ser o objetivo principal de um treinamento online, mas é uma consequência natural. Isso porque, na internet, não há a necessidade de uma estrutura física, com um instrutor presente. Remotamente, esse profissional não precisa se deslocar, evitando despesas de locomoção e tempo.

Também há de se mencionar a possibilidade de gravar treinamentos e oferecê-los de maneira assíncrona. Dessa forma, eles podem ser reaproveitados posteriormente, seja para novos colaboradores, seja para profissionais que perderam algum encontro ou outras equipes — se assim for possível. Os gastos com materiais impressos diminuem, por sua vez.

Como escolher o melhor treinamento online para meu time?

Comunicação assertiva ou liderança? Apresentação profissional ou vendas? Para definir o objetivo de estudo do treinamento online, há fatores aos quais considerar. Na sequência, veremos os principais aspectos para ter mais eficiência e retornos certos com o investimento.

Avalie as necessidades da equipe

A principal consideração envolve as necessidades dos colaboradores. Quais são as habilidades do futuro que faltam para o desenvolvimento da equipe? Qual tema poderia transformar a atuação dos profissionais e melhorar o desempenho de todos? Essas são algumas das perguntas a serem feitas.

Esses insights podem ser retirados da análise de metas e dos próprios processos de produção da empresa. Identificar os motivos de gargalos e falhas é uma boa estratégia para identificar as demandas da equipe.

Tenha metas estipuladas

A empresa deseja resultados, mas quais são eles? É preciso ter metas bem definidas para seguir ao próximo passo, que é a mensuração de resultados. Mas muito além disso, é necessário que os colaboradores sejam comunicados a respeito do que é esperado de sua atuação após os treinamentos.

Se não há um alinhamento de expectativas, os desencontros e frustrações acontecem com maior frequência — por exemplo, um colaborador receber feedback negativo sobre a aplicação do treinamento de determinada forma, sendo que estava praticando de outra.

Meça os resultados

A avaliação de resultados é parte essencial do treinamento online. Com essa etapa, é possível compreender o retorno dos colaboradores diante da iniciativa, medir o alcance desses conhecimentos na prática e coletar feedbacks para a melhoria dos próximos eventos e investimentos em educação corporativa.

Os colaboradores podem responder pesquisas ou preencher formulários para compartilhar sua visão do treinamento. Durante o evento ou após a finalização, esse retorno é importante para identificar a reação (ou nível de satisfação), a aprendizagem em si, o comportamento dos profissionais após os conteúdos e retorno sobre o investimento.

Escolha uma empresa especialista em treinamentos

A gerência ou até o time de RH são capazes de planejar treinamentos e definir seus detalhes. Porém, a sobrecarga de atividades e até a falta de expertise são desafios que podem minimizar os resultados desse investimento. Por essa razão, é importante contar com a parceria de uma empresa referência na área.

A SOAP tem como prioridade apoiar os negócios no alcance de alta performance, seja em apresentações, seja no desenvolvimento dos colaboradores. São 65 das 100 maiores empresas do país que já se beneficiaram da metodologia pioneira da marca, com resultados expressivos em cases de sucesso.

Você pode contar com a SOAP para idealizar um treinamento online de qualidade, com adesão dos colaboradores e de acordo com as demandas da sua equipe. Assim, é possível não só desenvolver competências junto aos profissionais, mas torná-los promotores dos treinamentos dentro da empresa.

Um treinamento online é capaz de otimizar o tempo e os esforços das equipes, ao passo que permite a empresa ter mais resultados com menor impacto na produtividade. Para alcançar os objetivos propostos na educação corporativa, reforçamos a importância de mensurar os resultados e alinhar as expectativas com os colaboradores.

Se você deseja ter insights nesse quesito, baixe agora nosso guia para avaliação de resultados em treinamentos corporativos. É gratuito!

Posts Relacionados

Avaliação de desempenho: o que é e como fazer

Comunicação
10/06/2021
leia agora

Quais são os pilares da Andragogia e os benefícios dessa técnica para o contexto organizacional?

Treinamento
24/05/2021
leia agora

Endereço

Rua Gomes de Carvalho, 1266 - sala 72
Vila Olímpia - São Paulo | Brasil
(55.11) 4084.4085 [email protected]

No mundo

Portugal
USA
França