Por que o BBB pode ser uma aula de comunicação e oratória?

Dos discursos de eliminação às defesas para permanência, podemos tirar algumas lições

Treinamento SOAP
15/04/2024
4 min. de leitura
Reading Time: 4 minutes

Nada como uma reunião de pessoas com diferentes idades, valores e culturas que precisam se entender para dar uma boa aula de oratória. O Big Brother Brasil, o BBB, goste ou não, é uma experiência de comunicação da qual podemos tirar muitos aprendizados.  

Desde os discursos dos apresentadores até os 30 segundos para defender a permanência após um paredão: boa parte do jogo é baseada em comunicação, tanto entre os confinados, quanto com o público. 

E a oratória desempenha uma parte muito importante nisso.  

Esse icônico discurso de permanência da participante Gizelly Bicalho, no BBB 20, é um ótimo exemplo para entender por que o programa faz tanto sucesso e qual a parte da comunicação nisso. Ele tem: 

  • Boa oratória 
  • Storytelling 
  • Emoção 
  • Identidade 

Caso não tenha acompanhado a edição e não tenha visto nada demais no discurso da sister, explicamos: Gizelly é advogada e, ao longo do programa, demonstrou grande insegurança. A principal: o medo de perder o respeito na sua carreira na advocacia por ter entrado no reality. 

Com seu jeito inseguro, mas também muito franco e cômico, a advogada não demorou a assumir um posto entre as favoritas do público (que durou boa parte do programa), e sua insegurança sempre comoveu aqueles que se identificavam com ela, especialmente outras mulheres.  

E seu discurso para defender a permanência na casa tinha tudo o que resumia sua trajetória: a insegurança, a comicidade e a franqueza. A cereja do bolo foi ótima oratória, porque é de uma advogada que estamos falando, afinal.  

Mas esse é apenas um entre tantos exemplos de oratória, discursos e comunicação que podemos aprender com o BBB. 

Discursos de eliminação: emoção e storytelling 

“Hoje, quem sai da casa é você…”

Os discursos de eliminação do BBB são momentos carregados de retórica e emoção, e oferecem verdadeiras lições sobre como falar em público de maneira eficaz e persuasiva.  

1. Uso estratégico da linguagem 

Os discursos de eliminação no BBB usam uma linguagem popular, para gerar maior conexão com os telespectadores e os participantes.   

Isso é um bom exemplo de como a escolha das palavras, do tom e das referências precisa estar bem alinhada com o público-alvo.  

Aliás, pode parecer que o discurso de eliminação é voltado principalmente para o eliminado, mas, acima de tudo, ele é voltado para o telespectador. E como a audiência do programa é diversa e grande, a linguagem precisa ser acessível.

E, de fato, esses discursos são um dos pontos mais comentados pelos internautas após o término de um episódio de eliminação. Eles captam os espectadores justamente porque são pensados para eles. 

2. Estrutura narrativa  

A estrutura dos discursos segue um padrão narrativo, geralmente focando na trajetória do participante eliminado.  

Para isso, o apresentador sempre utiliza técnicas de storytelling: elementos de identificação, episódios da trajetória dos participantes que revelam sua identidade, gatilhos emocionais.  

Muitas vezes, até aspectos que não dizem respeito ao BBB em si, mas são parte importante para conectar o participante ao público, podem ser usados como elemento: 

Inicialmente, o apresentador estabelece um contexto, geralmente recapitulando eventos importantes. Em seguida, desenvolve um argumento sobre as ações e decisões do participante, culminando em uma conclusão que não só justifica a eliminação, mas também celebra a participação do indivíduo.  

É uma lição de como uma boa narrativa pode ser utilizada para persuadir e motivar. 

3. Tom de voz 

Um aspecto central dos discursos de eliminação, além da capacidade do apresentador de manifestar empatia, conectando-se emocionalmente com os participantes e o público, é o tom de voz.  

Com uma entrega vocal expressiva e cuidadosamente modulada, ele pode transmitir calor e sinceridade, dureza, aclamação. Essa é uma habilidade importante para a oratória no BBB e na vida, para qualquer orador que deseje genuinamente influenciar e inspirar seu público.  

Por isso uma oratória eficaz vai além das palavras; é sobre fazer com que o público sinta o que você quer transmitir, com o bom uso da narrativa, do storytelling e da entonação

30 segundos para se defender: o elevator pitch do BBB 

Nos discursos de permanência do BBB, os participantes têm apenas 30 segundos para convencer o público de que devem permanecer na casa.  

Eles se assemelham bastante ao conceito de elevator pitch: usado principalmente no mundo dos negócios, é a técnica de descrever algo (uma ideia, um produto ou um serviço, por exemplo) de maneira sucinta e persuasiva. 

Geralmente, duram de 30 segundos a dois minutos — o tempo que se leva para um trajeto de elevador.  

No BBB, os participantes têm 30 segundos para apresentar seus argumentos, o que exige uma habilidade de síntese e clareza muito boa, mas sem perder a emoção e a identidade.  

Assim como em um elevator pitch, o participante deve ser direto e evitar qualquer ambiguidade em suas palavras. Afinal, a verdade é que o público já o conhece e, provavelmente, já tem um palpite muito forte sobre seu voto, mas o o discurso pode fazer a diferença.   

Em ambos os casos, seja num elevator pitch de verdade ou no BBB, o orador deve apresentar claramente sua proposta de valor.

No contexto do reality, isso se traduz no motivo pelo qual o participante é valioso para o programa e o que o diferencia dos outros.  No mundo dos negócios, seria o que faz um produto ou serviço ser único e digno de investimento. 

@tvglobo

Davi defende a sua permanência no BBB24! Quem torce pelo brother? #RedeBBB #TVGlobo

♬ som original – TV Globo – TV Globo

As lições de comunicação e oratória que ficam dos discursos de permanência são: 

  • Ser autêntico: a falta de autenticidade pode ser facilmente percebida pelo público. Em qualquer tipo de discurso, ser genuíno é o melhor caminho para ganhar a confiança e a simpatia dos ouvintes. 
  • Ser memorável: fugir do óbvio e criar uma narrativa única, criar um espaço próprio na mente do público. Isso é uma lição valiosa para qualquer comunicador: ser memorável por ser diferente e relevante. 
  • Ter motivação: se um participante do BBB demonstra não saber por que está ali, nem qual é sua parte no jogo (as famosas “plantas”), ele pode ser eliminado. Na vida, um comunicador também precisa saber por que transmite a mensagem que transmite. Sem isso, será muito difícil se conectar com seu público. 

A SOAP pode te ajudar a desenvolver todas essas habilidades — seja para entrar no BBB ou para usar no ambiente profissional, mas o nosso forte mesmo é o segundo caso.  

Conheça o SOAP Apresentador, um treinamento para você e seu time aprenderem as técnicas de oratória para falar em público.  



Posts Relacionados

A jornada do herói: confira 12 exemplos para se inspirar

Treinamento
30/04/2024
leia agora

Comunicação visual em apresentações: o que é, como aplicar e exemplos

Treinamento
29/04/2024
leia agora

Endereço

Rua Gomes de Carvalho, 1266 - sala 72
Vila Olímpia - São Paulo | Brasil
(55.11) 4084.4085 [email protected]

No mundo

Portugal
USA
França